sábado, 23 de fevereiro de 2013

O Bispo de Roma, a Alcateia e o Panapaná.


De repente e não mais que isso, o Bispo de Roma, avisou que renunciaria do seu cargo agora, no dia 28 de fevereiro.
Nem preciso dizer que para os “entendidos” e porque não, “os Papas de Plantão”, isso não foi surpresa.

É...

Realmente, um evento que ocorre uma vez a cada meio milênio não seria mesmo uma surpresa para ninguém; surpresa mesmo é e sem dúvidas, o desmoronamento das áreas de risco por todo o Brasil toda vez que a previsão do tempo diz que choverá leve e suavemente na cordilheira do Himalaia.


 Surpresa mesmo são os escândalos de corrupção no poder público brasileiro terminar dando em nada para os que comprovadamente estão envolvidos em corrupção.

Surpresa, são as sentenças judiciais condenatórias para os “colarinhos brancos”, apadrinhados políticos ou endinheirados, acabar virando motivo de piada pelo mundo afora.


Surpresa, são as mazelas cronicas deste meu país.

Este Rato andou pensando sobre o caso, o do Bispo de Roma; pensar sobre os outros “espantos” retro apontados só faria chover no que já está mais que molhado.

lobo cinzento (Canis lupus)

Foi aí que eu acabei ficando com a nítida impressão que o referido e incauto clérigo acabou ficando por um motivo que só Deus sabe (se é que ele tem algo a haver com o caso) entre a alcateia e o panapaná...

vista dorsal de borboleta monarca, Danaus plexippus • digital
ilustração encomendada pelo NMNH, Smithsonian Institution


- Entre a Cruz e a Caldeirinha?

- Entre Deus e o Diabo em alguma Terra do Sol?

- Terra sem Sol?

Epístola dos Efésios 6: 12

Quer saber mesmo maluco(a)...

Ele deve ter sabido (de alguma maneira profética, afinal ele está no local e na função correta) que sua vida não seria muito longa e resolveu deixar os assuntos incômodos e pecaminosos nas mãos de algum outro e viver o resto de seus dias “criando galinhas” e com isso também criando um número menor de dívidas para com o Todo Poderoso.

Ao meu ver ele está é muito certo.

Michelangelo, "O Pecado Original e a Expulsão do Paraíso Terrestre", ca. 1510,
Capela Sistina.

Eu não acho (o que eu acho ou penso, não tem a menor importância para ninguém mesmo) correto que ser o representante de Deus na Terra e acabar trabalhando para o concorrente é uma tremenda duma “roubada”.

Mas que há muita carne debaixo deste “sagrado” angu; podes crer, tem mesmo.

Galileu no Tribunal da Santa Inquisição

Nisto tudo, uma coisa eu acho certa: a Cúria Romana e suas nove congregações se não tiverem nada a haver som isso, certamente sabem de tudo, em especial a mais antiga delas: a Congregação para a Doutrina da Fé.

Que Deus tenha piedade nós, míseros mortais que vivemos em um mundo onde nem o representante de Deus na Terra consegue sobreviver como tal.

E com isso o Rato então conclui:

Banquete na casa de Levi, óleo sobre tela,
Paolo Caliari Veronese, 1573, Galleria dell\\`Accademia, Veneza


      - O Papa não é morto!

      - Vida longa ao novo papa!



São Paulo, 23 de Fevereiro de 2013

Mkmouse






domingo, 10 de fevereiro de 2013

O Rato e a Manhã de Carnaval







Pois é este Rato ia esperar o ano de 2013 realmente começar, o que acontece geralmente depois do carnaval, para escrever um novo texto, mas desisti visto que o “Coelho da Páscoa” me visitou e me disse que este ano só começa depois da Pascoa.





É, sou amigão do Coelho da Pascoa, pelo menos é o que as crianças que por aqui passam e o dito cujo, é claro, acham.

A Páscoa neste ano da graça de 2013 é no dia 31 de março, logo ai na frente; um quarto do ano já foi neste dia e a gente, só para variar, nem notou isso.

Uai sô!!!

Eu disse Março???


Houve tempos, há idos de Maio, que o ano já estava começando em fins de novembro do ano anterior, primeiro de Janeiro era só para oficializar o inicio do ano.

Hoje em dia eu, em pleno meado do mês de fevereiro, não tenho certeza se o ano de 2011 realmente acabou ou, se foi o ano de 2012 que ainda não conseguiu terminar com todos os seus feriados.

Mas, agora é Carnaval...
A questão; o problema é que “o agora” passa, se vai para sempre e o que fica, o que sobra é a realidade...

Como sempre; desde o princípio dos tempos...

Por isso eu vos deixo com: "Manhã de carnaval", de Luiz Bonfá e Antônio Maria, fez parte da trilha sonora do filme Orfeu do carnaval (adaptação da peça Orfeu da Conceição). Virou um clássico, com várias interpretações, nacionais e internacionais (estas, principalmente, com o título "A day in the life of a fool").

video

Orfeu é portador do dom poético e musical.

Cantor por excelência, "apascentava as feras, controlava os ventos, acalmava os coléricos".

Thracian Girl Carrying the Head of Orpheus on His Lyre by Gustave Moreau (1865)
oil on canvas - 154 × 100 - Musée d'Orsay, Paris - França


Mas, sem Eurídice (a mulher mais adorada), Orfeu é nada.

A canção tem a introdução inspirada no tema do terceiro movimento da "Humoresque em Si Bemol, opus 20", de Robert Schumann..

Manhã de carnaval
(Luiz Bonfá / Antônio Maria)

Manhã, tão bonita manhã
Na vida, uma nova canção
Cantando só teus olhos
teu riso, tuas mãos
pois há de haver um dia
em que virás

Das cordas do meu violão
que só teu amor procurou
vem uma voz
falar dos beijos perdidos
nos lábios teus

Canta o meu coração
alegria voltou
tão feliz a manhã
deste amor

São Paulo, SP, 10 de Fevereiro de 2013

Mkmouse